Rodrigo Trespach recebe a Ordem do Mérito do Livro

Em cerimônia realizada no Rio de Janeiro, o historiador gaúcho Rodrigo Trespach

recebeu na última sexta-feira (01/07) a medalha Ordem do Mérito do Livro, da

Biblioteca Nacional.

A BN é depositária do patrimônio bibliográfico e documental

brasileiro e uma das mais importantes instituições do país, a maior biblioteca da

América Latina, sendo considerada uma das mais significativas do mundo.

A Ordem do Mérito do Livro foi criada em 1984 e entre seus principais laureados

estão o bibliófilo José E. Mindlin; o editor Luiz Schwarcz, empresário Adolpho

Bloch, o poeta Carlos Drummond de Andrade e o arquiteto Oscar Niemeyer.

Em 2022, a condecoração foi concedida a duzentos nomes, em alusão ao

Bicentenário da Independência (1822-2022) e dividida em dois momentos. Pela

manhã, receberam a homenagem intelectuais, escritores, historiadores,

professores universitários e instituições e universidades que têm contribuído para

o engrandecimento da BN, com difusão do livro e da cultura de modo geral. À

tarde, a medalha foi entrega a políticos empresários considerados amigos da BN.

Autor de dezesseis livros, Trespach esteve ao lado de escritores renomados, como

Carlos Nejar e Nélida Piñon — patrono da Feira do Livro de Porto Alegre 2022 e

ex-presidente da Academia Brasileia de Letras, respectivamente —, além de

diversos nomes de peso, entre historiadores, juristas e musicistas.

A medalha foi entregue pelo presidente da Fundação Biblioteca Nacional Luiz Carlos Ramiro Jr.

Rodrigo foi um dos fundadores da Academia de Escritores do Litoral Norte-RS, em 2007, e seu presidente em duas oportunidades. Como sócio-honorário, ocupa a cadeira número 1 da AELN, cujo o patrono é Antônio Stenzel Filho.

Texto: Assessoria de Imprensa

Tem alguma coisa a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!