Prêmio São Paulo de Literatura 2014

Escritores e editoras de todo o país que publicaram romances em 2013 já podem inscrever suas obras na sétima edição do Prêmio São Paulo de Literatura, promovido pela Secretaria da Cultura do Estado. O prazo para inscrições termina no dia 07 de maio e os interessados podem concorrer em uma das três categorias: Melhor Livro do Ano, Melhor Livro do Ano – Autor Estreante com mais de 40 anos e Melhor Autor Estreante com menos de 40 anos. A ficha de inscrição e demais informações podem ser obtidas aqui.

O Prêmio São Paulo de Literatura é o maior do país em valor: R$ 400 mil. São destinados R$ 200 mil para o autor do melhor romance do ano e outros dois prêmios de R$ 100 mil (cada) para os autores estreantes no gênero romance. O Prêmio tem como objetivos valorizar a produção literária de qualidade, estimular novos autores e incentivar a leitura.

Para concorrer, os livros devem ser de ficção no gênero romance, escritos originalmente em língua portuguesa, com primeira edição mundial no Brasil e a comercialização da primeira edição deve ter ocorrido no ano de 2013. Entre os autores premiados estão grandes nomes da literatura nacional como Cristóvão Tezza (O filho eterno), Ronaldo Correia de Brito (Galiéia), Raimundo Carrero (Minha alma é irmã de Deus), Tatiana Salem Levy (A Chave de Casa) e Rubens Figueiredo (Passageiro do fim do dia) e Bartolomeu Campos de Queirós in memoriam (Vermelho amargo).

No ano passado foram premiados Daniel Galera, com Barba Ensopada de Sangue (Melhor Livro do Ano), Paula Fábrio com Desnorteio (Autor Estreante +40) e Jacques Fux com Antiterapias (Autor Estreante -40). Os autores inscritos na categoria Melhor Livro do Ano podem ter publicado romances anteriormente. Já na categoria Melhor Livro do Ano – Autor Estreante, os escritores podem ter outras obras publicadas, desde que o livro inscrito seja o seu primeiro romance. A ênfase no gênero é uma característica do Prêmio São Paulo de Literatura desde sua criação, em 2008, inspirado no britânico Booker Prize.  

Prêmio São Paulo de Literatura – Histórico
O Prêmio São Paulo de Literatura foi criado em 2008, pelo Governo do Estado de Sãs Paulo, como forma de valorizar a produção literária, estimular novos autores e incentivar a leitura. Hoje, está entre os prêmios literários de maior visibilidade no País e vem ajudando a divulgar obras e autores que se tornam relevantes no cenário nacional.

Desde que foi criado, o Prêmio teve participação de um total de 1.177 livros, premiou 13 romances e, assim, contribuiu de forma decisiva para dar visibilidade não só às obras vencedoras, mas também aos trabalhos finalistas. Ele é realizado em parceria com a organização social de cultura SP Leituras.

 

Comments are closed.