mar 16, 2015 - Últimas Notícias    No Comments

Primeira reunião da AELN em 2015

A primeira reunião da AELN em 2015 aconteceu no dia 14 de março, na Biblioteca Municipal Eng. José Batista Pereira, no município de Imbé. A mesma teve como objetivo levar novas ideias, visando sempre o melhor ao grupo, apresentando também a nova membro, a escritora Cacá Melo.

Primeira reunião da AELN em 2015

Fonte: Assessoria de Imprensa da AELN

mar 16, 2015 - Poemas    No Comments

Mulher…

Por Carmem Regina

Menina que brinca
Que sonha
Que chora
Mulher mocinha
Desabrocha
Estuda e namora
Nem sabe o que quer ser
Quando crescer, não decidiu
Mas no fundo entendeu
Pois é mulher e já cresceu.
Seu brilho vai além
Luta, grita
Cai, levanta e acredita
Simples, arquiteta ou professora
Pode ser até enfermeira e tantas mais
Mulher! És única!
Casada, dona-de-casa
Torna-se mãe, cultiva a vida
Cresce a barriga, vem com ela uma vida
Mulher, de todas as idades
Ria, avó, sobrinha..filha
Tem sabedoria de quem amou
Que recomeçou…
És dádiva! És Mulher!

 

mar 15, 2015 - Poemas    No Comments

Mulher

Por Maria de Lourdes

No palco da vida
ela é candura
No teatro do lar
é guerreira
Para o homem
é poesia e beleza
para o filho
é fortaleza
Num momento amamenta,
noutro, vence a tormenta.
MULHER
ser humano
de ventre abençoado
para vida gerar
e amor espalhar.

mar 10, 2015 - Crônicas    No Comments

Dia Internacional da Mulher

Por Mariza Simon

Não simpatizo com a ideia de uma data dedicada somente à mulher.  Acredito na parceria homem-mulher. Ambos os sexos são merecedores de uma homenagem  especial. Mesmo assim, sendo a data comemorada  na maioria de países  de nosso planeta , por solicitação, não vou me furtar a dar algumas opiniões.

Não resta dúvidas de que a mulher conquistou, e  merecidamente,  seu lugar nas sociedades ocidentais. Usos e costumes mudaram ao longo dos últimos cinquenta anos. Para minha geração (década de 30)  aconteceram avanços significativos  para a afirmação do sexo feminino.

Lembro-me de meus tempos de juventude.“Moça não saia  sozinha á noite, não namorava  sem a presença de um dos pais(geralmente a mãe ou uma tia solteirona), o namoro não passava da troca de olhares ou de um furtivo aperto de mãos, a virgindade era uma questão intocável (as moças “faladas” não frequentavam os bailes da sociedade), oportunidades profissionais eram raras (só o magistério  acenava como uma ocupação longe do fogão), enfim eram tantos os óbices  impostos às mulheres que a maior realização era o casamento, que lhes dava condição de sair da casa dos pais, e tantas outras situações particulares.

Não pretendo generalizar este comportamento mas, na sua maioria, as mulheres se limitavam a servir ao marido, ter filhos e gerir o lar, ( as tão endeusadas “donas- de- casa”, sustentáculos da família, que mascaravam as  angústias e questionamentos femininos). A ativista Betty Friedan  revolucionou o mundo feminino com seu movimento nos Estados Unidos, (década de 60) logo seguido por outros países, com diferentes graus de intensidade. A tese defendida pelo seu trabalho literário- “Mística Feminina” (1963) abriu espaço para movimentos reivindicatórios de mulheres em diferentes lugares.

Porém, o  contraceptivo hormonal (a pílula) lançado em 1960 nos   Estados Unidos , foi a libertação social  da mulher. Movimentos como os de Woodstock, dos “hippies-paz e amor”, a efervescência da juventude foram importantes para mudarem os costumes e abrirem significativos caminhos.

Após o surgimento da “pílula” a mulher tornou-se dona de seu corpo e de seu prazer. Foi sua independência, uma revolução cultural, pois já não estava mais atrelada a  preconceitos e submissão.  Nos 50 anos seguintes , foi conquistando posições com seu esforço e trabalho ,num  mundo, até  então  ,somente  masculino.

Neste séculoXXI, se  faz necessária uma reflexão sobre as conquistas das mulheres  e   seu papel social como parceira do homem, em busca de um mundo mais harmonioso e desenvolvido,  com oportunidades para todos. Em alguns países europeus já se encontram questionamentos e indagações  sobre as consequências sociais  da liberação feminina, buscando um novo redirecionamento do papel feminino na sociedades modernas.

mar 5, 2015 - Crônicas    No Comments

Mulher…a conquista de todos os dias

O mês de março é o mês da mulher… uma conquista histórica e emblemática… um verdadeiro símbolo da luta de gerações de mulheres que buscaram a valorização e o respeito… muitos avanços sociais já se materializaram… muitos outros ainda estão por vir… mas o que realmente deve ser destacado é o combate incansável que a mulher trava pelo reconhecimento do seu papel… da mulher mãe… da mulher profissional… da mulher dona de casa… da mulher política… da mulher idealista… todos tão relevantes e muitas vezes presentes numa única expressão… MULHER!

É nosso dever evidenciarmos seus anseios e os avanços de suas conquistas… e este esforço deve ser diário… pois diário é o exemplo de vida, de luta e de dedicação de cada mulher, indiferente do papel que desempenhe…
MULHER… um manifesto declarado de amor, esperança e fé na nossa existência…
MULHER… OBRIGADO!!!

Por Felipe Daer

mar 5, 2015 - Últimas Notícias    No Comments

Imbé pode ser a nova sede da AELN

Reunião com secrt Adminstração Márcio Spindola em 25-02-15 Sede AELN

Representantes da Academia de Escritores do Litoral Norte, Célia Victorino e Leda Saraiva, estiveram em reunião, no dia 25 de fevereiro, com o secretário de Administração de Imbé, senhor Márcio Spíndola. O encontro teve como objetivo o pedido, já tratado com prefeito Pierre Emerim da Rosa, de uma sede para a AELN, nesse município.  Secretário Márcio Spíndola prometeu levar novamente ao prefeito o pedido e, se dispôs a nos dar uma resposta em trinta dias,se uma sede definitiva ou provisória. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da AELN

fev 24, 2015 - Poemas    No Comments

Você

Você
Sem querer te descobri…
Não por acaso…
Te conheci…
No teu olhar encontrei o que procurava…
No teu sorriso…
A magia do querer…
Meu pensamento está em ti…
Arrebatadoramente em ti…

Por Sol Barbosa

fev 22, 2015 - Últimas Notícias    No Comments

Projeto e-book coletivo Rumores da Alma

Adaptada às novas tecnologias, com a experiência adquirida na Área da Cultura, principalmente na Literatura, nas cidades de Blumenau/SC, Canoas/RS e hoje em Pomerode/SC e com 3 (três) e-books lançados, estou organizando o primeiro e-book coletivo de poemas.

Em homenagem ao Comendador Fábio Ramos, Presidente da Seccional Micro Região de Blumenau/SC da Academia de Letras do Brasil e Vice Presidente Estadual da Academia de Letras do Brasil/SC e em parceria com a Editora Casa Leiria, estou organizando a 1ª COLETÂNEA E-BOOK COLETIVO “RUMORES DA ALMA”.

O objetivo do PROJETO: E-BOOK COLETIVO “RUMORES DA ALMA” é publicar um e-book (*) (livro eletrônico) em edição cooperativada, com a participação de escritores (as) contemporâneos (as), onde cada Autor (a) fará o investimento de R$ 100,00 (cem reais), tendo a inclusão de 5 (cinco) poemas (até 30 linhas), foto e mini currículo e com o recebimento de 5 (cinco) exemplares.

O frete dos exemplares será por conta de cada Autor (a).

(*) Este e-book é um cd físico que pode ser lido e/ou ouvido no computador.

Obs.: Exemplares adicionais podem ser solicitados por R$ 20,00 (vinte reais) cada.

Os poemas terão tema livre e as inscrições encerram em 30/04/2015.

A revisão ortográfica será feita pelo (a) próprio Autor (a) e as interpretações (algumas) serão feitas pela Escritora e Poetisa Neida Rocha.

Espero com isso, atender aos anseios dos Escritores Contemporâneos, promovendo e favorecendo a produção literária contemporânea, além de nos adaptarmos às novas tecnologias.

Para aderir ao PROJETO: E-BOOK COLETIVO “RUMORES DA ALMA” o Autor (a) deverá formalizar sua aceitação por escrito, através de e-mail (neidarocha@terra.com.br) enviando os textos, foto e mini currículo, solicitando a conta para depósito.

Fonte: Neida Rocha (47) 9227-2202

Páginas:«1...78910111213...78»