ago 22, 2015 - Últimas Notícias    Sem comentario

Membro da AELN participa do Projeto Fortalezas

DSC02112

O jornalista e membro da AELN, Nelson Adams Filho, participou na quinta-feira, dia 21, do Mutirão Verde da Fortaleza de N.S. de Araçatuba, em Florianópolis, a convite do Projeto Fortalezas. Um grupo de 30 pessoas foram selecionadas para participar do evento.

Além de promover a limpeza física do entorno da Fortaleza de Araçatuba, localizada na baia Sul da Ilha de Florianópolis, atividade realizada por soldados do Exército e da Marinha, o Mutirão marcou o início de ações culturais do Projeto Fortaleza naquele local. Atualmente o acesso à Fortaleza é restrito, permitido apenas com autorização da Marinha do Brasil.

O jornalista Nelson Adams Filho aproveitou a atividade para colher mais subsídios para o livro que está produzindo sobre a viagem de D. Pedro I ao Sul do Brasil, em dezembro de 1826, durante a Guerra Cisplatina. Conforme seu Itinerário de Jornada, anexado à carta que escreveu à Imperatriz Leopoldina desde Porto Alegre, em 8 de dezembro daquele ano, D. Pedro informa que esteve na Fortaleza de Araçatuba e dali iniciou sua jornada a cavalo desde Desterro (Florianópolis) até Porto Alegre.

A Fortaleza de Araçatuba integra o complexo de cinco fortalezas instaladas na Ilha de Florianópolis para defender a região da invasão dos espanhóis que se concretizou em  1777. As estruturas foram construídas sob supervisão do Brigadeiro Silva Paes.

O Projeto Fortalezas é coordenado pelos arquitetos Roberto Tonera e Mário Mendonça de Oliveira e tem por base “As Defesas da Ilha de Santa Catarina e do Rio Grande de São Pedro, 1876”, trabalho elaborado àquela época por José Correa Rangel, um engenheiro da Infantaria do Exército Imperial. Há um mês foi lançada uma nova e luxuosa edição desse Projeto pela Editora UFSC com apoio da Lei de Incentivo à Cultura.

O Projeto vem sendo divulgado e apresentado em âmbito nacional e internacional. O arquiteto Roberto Tonera participa no próximo dia 26, no México, de um Encontro Internacional de Fortes e Fortalezas, onde apresenta o Projeto.

Fonte: Assessoria de Imprensa da AELN

Tem alguma coisa a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!


4 × sete =