Delalves Costa é o nome artístico de Anderson Alves Costa. Nasceu em 13 de dezembro de 1981. Residiu até os 13 anos em Maquiné/RS (então Distrito), com os avós maternos. Estudou na Escola Estadual Lourenço Leon Von Langendonck, da Pré-escola a 6ª Séries. Aos 13 anos muda-se para Osório, onde mora atualmente. Cursa a 7ª e 8ª Séries na Escola Estadual General Osório e o Ensino Médio na Escola Ildefonso Simões Lopes – RURAL. Em 2001 inicia o curso de Letras-Licenciatura Plena, pela Faculdade Cenecista de Osório – FACOS, vindo a se formar em 2008.

O jovem poeta Delalves Costa se aproximou da Literatura, mais especificamente na arte de criar significados com a palavra escrita, em 1998. Nesse período de doze anos, Delalves escreveu muito para jornais, revistas, sites e folhas literárias, principalmente poesias. Participou de eventos literários importantes, em Espaços Culturais, Bibliotecas Públicas, Escolas e Feiras de Livros, alcançando sucesso de público e de crítica. Ao longo da carreira, teve seu trabalho reconhecido por onde se fez presente, seja pessoalmente ou em consequência dos seus textos, através de prêmios em concursos literários no Estado, participação em Coletâneas em verso e prosa a convite de editoras e escritores, à frente de eventos na função de membro de Comissões Organizadores de eventos literários e educacionais, entre outros. Mas, com certeza, o diferencial na carreira foi ser patrono da 21ª Feira do Livro de Osório, realizada em 2005.

Anderson é o editor da revista Doispontos e autor de “Coisas que faltam em mim” (2005), “O Menino dos Cataventos na Rua dos Passatempos” (infanto-juvenil, 2006), “Considerações Pré-maturas & Outras ausências” (2008), “Josseu Solta-inventos e as invenções do infantiletrando” (infanto-juvenil, 2008), “Fragmentos e iluminuras do discurso pré-maturo” (2013) e “Inacabamento, a eterna gestação” (2015), todos de poesia. É autor ainda de “Pedagogia da Prática” (2015).

Contato:
contato@delalves.com.br