Cláudia

Cláudia Duarte é filha de José Otomar dos Santos Duarte e de Maria Rafaela Duarte. Nascida em 13 de dezembro de 1980, na cidade de Encruzilhada do Sul/RS, Cláudia costuma dizer que é artista de nascimento e nutricionista/sanitarista por formação acadêmica. Também cursou técnico em contabilidade nunca exercendo o ofício. Durante a infância teve grande contato com a natureza acompanhando as atividades do campo no sítio do pai. Além disso, sempre transitou no mundo das cores e das letras. Sua mãe, professora, tratou, desde o início, de estimular a filha para atividades onde a criatividade estivesse presente. Com o passar do tempo, Claudinha, como é chamada até hoje, passou a ter como imprescindível a expressão artística no seu dia-a-dia, unindo a nutrição, a saúde pública, a música, a culinária, a pintura e a escrita ao conceito de qualidade de vida. Nesse contexto, atividades culturais, filosóficas e educativas lhe são temas de grande interesse. Os escritos de Cláudia Duarte versam sobre o comportamento humano, as belas coisas da natureza, frequentemente, esbanjando metáforas entre o vivo e o inanimado, tentando traçar, assim, um paralelo entre as cores e as letras, entre a vida e a morte, entre o real e o abstrato.