out 14, 2016 - Crônicas    Sem comentario

Encontros ou reencontros

De repente sem notificação alguma encontramos o passado revivendo no presente. Lembranças, alguns nomes esquecidos com fisionomia clara, constrangimentos ao esquecer algo que se passou em uma época tão marcante.

Então vem o reencontro.

Depois daquelas remexidas de cabeça e um passeio pela memória talvez,vêm em nossas mentes quem fomos, o que fazíamos e o que sonhávamos. Tudo o que vivenciamos com pessoas especiais vêm à tela mental como um filme de nossas próprias vidas. Comédia, drama, romantismo, saudosismo…tanto faz.

Se a recordação está viva é porque nada foi colocado na vala do esquecimento.

Nosso reencontro mexe com nossos sentimentos, aflora a saudade daquele tempo ( que não faz muito) revivermos novamente. Encontro de velhos amigos, ausência de outros, mas o que queremos é a aproximação sem pensar em despedidas para compensar o tempo que passou.

O passado guarnece as lembranças e o presente nos trás aqui novamente, isto prova que não houve recaída.

Carmem Regina

Tem alguma coisa a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!


nove + = 12