Browsing "Poemas"
out 20, 2014 - Poemas    No Comments

Espaço

Por Rodrigo Rocha

Espaço,
fator do exato.
Compasso do ardor
nefasto.

Rol de lembranças
que impedem
o traço.
Risco, passo,
esqueço
e mato.

out 14, 2014 - Poemas    No Comments

Vejo a luz da vela…

Por Felipe Daer

Vejo a luz da vela…
pensamento quente…
aceso…
coração que bate…
endurece…
esmorece…
fito, de canto
a lua que cresce…
cheia…
estrelas que se movem
num pano de fundo infinito…
venta frio lá fora…
quase nada se move
ou se percebe
diante do céu
repleto de brilho
e mistério…
meu pensamento se cala…
derrete…

out 3, 2014 - Poemas    No Comments

Vale a pena ver de novo?

Por Evanise Gonçalves Bossle 

Vejo pela tevê
Minutos e mais minutos de quê?
Partidos novos e antigos,
rostos anônimos e outros conhecidos.
Prometem o mesmo
da última eleição,
segurança, saúde, trabalho e educação.
Só mudam a trilha sonora,
o discurso é igual.
E o pobre cidadão,
continua esperando a solução.
Vejo que o tempo passou…
Reencontro nesses poucos minutos,
candidatos da minha infância,
ainda com a mesma receita
de futuro e de sucesso.
Mas já não creio nessa rima.
O povo vive a mesma sina…
sem segurança, sem saúde,
sem trabalho e sem educação.

set 30, 2014 - Poemas    1 Comment

O tempo certo

Por Artur Pereira dos Santos

É cedo e não existe pressa.
A vida ensinou a paciência.
A sentir as rédeas soltas pelo chão.
A ver, tolerar e prosseguir.

É tarde e já existe pressa.
A vida passou e pouco tem à frente.
A não ser trilhas desconhecidas
Em montes difíceis de subir.

É tempo certo de tantas cosias.
Desocupar-se de pequenas contas.
Ignorar as preocupações.

É tempo de só viver o hoje.
Esquecer os sonhos deixados às tontas
É tempo certo de talvez partir.

 

Páginas:«1234567...20»