ANTOLOGIA

A Antologia da AELN teve como coordenadores os escritores Delalves Costa (de Osório), Jorge Fernandes (Capão da Canoa) e Suely Braga (Osório), editoração do escritor e artista plástico Mário Feijó (Capão da Canoa) e da Editora Secco de Florianópolis, SC.  A capa, intitulada Autoretrato, também é de autoria de Mário Feijó.
O livro tem o  trabalho de 17 escritores do litoral norte gaúcho nas mais diversas áreas literárias (crônicas, contos, poesia e pesquisa), são eles: Almeri E. de Souza (Osório), Arthur P. de Souza (Capão da Canoa), Jerri R. Almeida (Osório), Joelson M. de Oliveira (Sto. Antônio da Patrulha), Leda S. Soares (Tramandaí), Evanise Bossle (Tramandaí), Luiza M. da Glória Brufatto (Nova Tramandaí), Maria Rosalva de O. Rocha (Sto Antônio da Patrulha), Mariza Simon dos Santos (Capão da Canoa), Renato J. Lopes (Nova Tramandaí), Rodrigo Trespach (Osório), Sérgio Agra (Capão da Canoa) e Titi Martins (Palmares do Sul).

Escritores da AELN no lançamento da Antologia.

O lançamento do livro ocorreu na quinta-feira 24 de setembro de 2009, no Espaço Cultural Conceição, em Osório. Com um bom público presente em um espaço que é reservado para a cultura estiveram autografando os escritores  Arthur P. dos Santos, Delalves Costa,  Evanise Bossle, Leda Saraiva, Mário Feijó, Marisa Simon, Sérgio Agra, Rodrigo Trespach, Titi Martins,  e Suely Braga. Entre outras autoridades presentes estavam o Prefeito de Osório Romildo Bolzan Jr., a Secretária de Cultura do Município de Osório Tamara Carniel, representantes da Petrobras, dos municípios de Imbé, Tramandaí e Capão da Canoa. Ocorreu simultaneamente à sessão de autógrafos um Sarau Literário com a leitura de trabalhos dos amigos poetas presentes e música de autoria da Prof.ª Leda Saraiva.

No dia 29 de outubro de 2009 ocorreu o lançamento do livro em Capão da Canoa, na Livraria e Papelaria Cabral, em um Sarau Literário organizado pelo grupo de escritores caponenses.  Estiveram autografando os escritores Almeri Espíndola de Souza, Jorge Fernandes, Leda Saraiva, Marisa Simon, Mário Feijó,  Rodrigo Trespach e Sérgio Agra. Entre outras autoridades presentes estavam a Secretária de Cultura do município Marli Conzatti, a Supervisora de Educação Especial Cristina Drumond e a Presidente do Conselho Municipal de Cultura Janete Picoli, além de um bom público.

Clique aqui e vejas as fotos do lançamento da Antologia em Osório, em setembro de 2009.

Clique aqui e veja as fotos do lançamento da Antologia em Capão da Canoa, em outubro de 2009.

AELN FAZENDO HISTÓRIA

Por Rodrigo Trespach
Presidente da AELN, Biênio 2008/2009

O dia 24 de setembro de 2009 entrou para a história do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Ao menos para a história da literatura litorânea. Exatos dois anos e cinco meses depois do primeiro encontro, um grupo de escritores, todos identificados com a literatura, seja ela em poesia, conto, crônica ou pesquisa histórica, concretizou o sonho daquela tarde de outono, no mês de abril de 2007.

Tudo começou com um encontro na 1.ª Feira do Livro de Capão da Canoa. Mariza Simon dos Santos e Sérgio Agra, membros do Conselho Municipal de Cultura de Capão da Canoa, idealizaram o I Encontro de Escritores do Litoral Norte. O evento visava agregar escritores e ampliar os debates em torno da produção literária na região. Partindo dessa ideia discutiram-se meios para a promoção do hábito da leitura e, ainda um sonho, na possibilidade da publicação de obras que reunissem escritores identificados com a cultura regional para uma melhor divulgação da literatura litorânea.

Tão necessária se fazia a criação de um grupo que pudesse levar adiante o que se produz na região que apenas um encontro era pouco e ele foi apenas o primeiro passo de outros que viriam. Naquele mesmo ano, em dois de junho, reunidos nas dependências da Escola Cenecista Marquês de Herval, hoje o novo prédio da FACOS, em Osório, o mesmo grupo, reforçado por outros convidados e da mesma forma interessados, decidiu criar uma associação, que foi oficialmente formalizada no mês seguinte, no Espaço Cultural Conceição, em Osório. Era o dia sete de julho de 2007. E nascia ali, com o nome de Departamento de Escritores do Litoral Norte, ainda como afiliado da Associação de Estudos Culturais de Osório, o que depois viria a se chamar Academia de Escritores do Litoral Norte.

Criada com um objetivo claro, e que atendia plenamente aos interesses mais nobres, a Academia passou por tempestades, por tropeços e caminhos fechados, mas nunca desistiu de seu principal ideal, a divulgação da literatura litorânea como um todo. E a origem dos escritores que a compõe confirma sua representatividade, que é uma das marcas da AELN: Capão da Canoa, Imbé, Palmares do Sul, Osório, Tramandaí e Santo Antônio da Patrulha.

A Antologia da AELN entra para a história da literatura litorânea por ser a primeira vez que tal produção literária é realizada, reunindo nada menos do que 17 escritores locais. E é uma produção de corpo e alma litorânea. Trabalharam como coordenadores da obra três escritores designados pelo grupo: os professores Delalves Costa e Suely Braga, de Osório; e, Jorge Fernandes, de Capão da Canoa. A cargo da editoração esteve o escritor caponense Mário Feijó, através da Editora Secco de Florianópolis – A capa é uma tela Mário Feijó, que além de escritor, é artista plástico, intitulada Autoretrato.

Tenho a honra de ser o Diretor Executivo da AELN nesse biênio mágico de 2008/2009, sendo ainda auxiliado por pessoas maravilhosas como Mário Feijó, nosso Vice-diretor Executivo, Renato José Lopes de Tramandaí, o incansável 1.º Secretário; Titi Martins de Palmares do Sul, a 2.ª Secretária, e Luiza M. da Glória Brufatto de Tramandaí, nossa 1.ª Tesoureira.

Além dos nomes já citados, participam da Antologia Almeri E. de Souza (Osório), Arthur P. de Souza (Capão da Canoa), Jerri R. Almeida (Osório), Joelson M. de Oliveira (Sto. Antônio da Patrulha), Leda S. Soares (Tramandaí), Evanise Gonçalves Bossle (Tramandaí), Maria Rosalva de O. Rocha (Sto. Antônio da Patrulha), Mariza Simon dos Santos (Capão da Canoa) e Sérgio Agra (Capão da Canoa).

A Academia de Escritores do Litoral Norte acredita ter dado um passo importante e significativo na vida literária da nossa região e espera ter cumprido com tudo aquilo que ela representa e possa vir a representar. A todos uma boa leitura“.

Antologia da AELN